Os Meus Sentimentos

"É uma noite de temporal. A noite do acidente. Há uma gota de água suspensa num estilhaço de vidro que teima em não cair. Há um instante que se eterniza.Reflectida na gota, Violeta mergulha nessa eternidade e recorda o que pode ter sido o último dia da sua vida, e nesse dia, toda a vida, e nessa vida, os pais, a filha, a criada, o bastardo, e em todos, a urgência da vida que prossegue indiferente como a estrada de onde ainda agora se despistou. Nessa posição instável, de cabeça para baixo, presa pelo cinto de segurança, parece que tudo se desamarra. O presente perde a opacidade com que o quotidiano o resguarda e Violeta afunda-se nos passados de que é feita, uma espiral alucinada de transparências e ecos.Violeta vira uma esquina (ou será uma página?) e a revolução de Abril irrompe, empunhando a raiva do bastardo. Abre uma porta (talvez um parágrafo) da casa vazia e a mãe chama por ela enquanto o pai enlouquece lá fora, no quintal. Um homem afoga o desejo no corpo dela (vírgula, de certeza) e a menina dos patins desliza à frente da filha que perde a vida como caixa de hipermercado. A criada, como sempre, está calada (ponto final). Quando saiu, nesta mesma colecção, o primeiro romance de Dulce Maria Cardoso - Campo de Sangue, que obteve o Prémio Acontece e está já em curso de publicação no Brasil, em Espanha e em França - foram muitos (os mais atentos) que assinalaram a emergência de uma ""voz"" diferente, alheia às modas em moda e senhora de um discurso narrativo completamente original. Não se enganaram, esses. Com Os Meus Sentimentos, Dulce Maria Cardoso confirma a sua posição de vanguarda no panorama da nova ficção portuguesa."

Autor: CARDOSO, DULCE MARIA

Categoria/Tema: Lusófono

ISBN: 9789892306322

PVP: 13,12 Euros